Fotografia profissional, o próximo passo


Olá a todos! O post de hoje vai para aquelas pessoas que já estão há muito tempo fotografando por hobby, já sabem consideravelmente sobre teoria de fotografia, e descobriram no hobby não só uma paixão, mas algo que vale a pena viver.
Se você se encontra em um momento onde a paixão tornou-se mais do que um prazer, e agora é uma possibilidade de uma nova profissão, então esse post é para você!

Se está disposto a dar esse novo passo e ir para a fotografia profissional mas está meio perdido, tenha calma! Vou dar algumas dicas para você começar bem!

Mas antes de começar a dar as outras dicas, vou dar “a” dica fundamental:
CALMA!
Não se precipite; mudar de profissão é algo que precisa ser pensado com cautela e responsabilidade.

Conheça o mercado

Foto: Michael Kappeler

Foto: Michael Kappeler

Antes de começar, faça uma pesquisa da sua cidade e veja como está a concorrência, veja se em sua cidade tem demanda para o seu estilo de trabalho. Entenda como concorrer lealmente, sem prejudicar outros fotógrafos, entendendo que a briga nunca pode ser por preço mas sim por qualidade, e estilo.

Invista em equipamentos certos

Para começar a fotografar, não é necessário somente uma câmera, é necessário mais que isso. Lentes são investimentos para a vida, conheça muito bem o seu estilo de fotografia e invista em lentes que atendam a sua necessidade.
Não se esqueça também que é necessário investir em um bom computador, hd´s para backups, flashes, pilhas, baterias, um celular bom que não vai te deixar na mão, etc.

Defina um público alvo

Ser fotógrafo não é sair dando tiro no escuro, busque se especializar e tente ser o melhor da sua cidade nessa área, seja ela casamento, newborn, editorial, fotojornalismo, etc. Com um público alvo definido é muito mais fácil bolar estratégias que otimizem mais resultados.

 Tenha um Site com domínio próprio

Pode até parecer óbvio, mas tem muito fotógrafo que não tem a mínima noção do quão importante um site é para um fotógrafo. Um site bonito, clean e funcional ajuda a conquistar muitos clientes, e transmite uma imagem profissional. Evite usar domínios de blogs e etc, tenha o seu próprio domínio como exemplo: www.oseunome.com.br ou www.onomedasuaempresa.com.br.

Use mídias sociais

Tenha e administre bem uma fan page com os seus trabalhos, tenha um twitter, tumblr, instagram, e por ai vai. A maior divulgação de um fotógrafo é social, conhecido como boca-a-boca, e com as redes sociais o alcance do que você faz é muito maior!

Invista em marketing

Ser fotógrafo não é só sair por ai com uma câmera na mão, você precisa investir em si mesmo, separe uma parte da sua receita para investir em marketing, seja com panfletos, mídias sociais, Adwords, anúncios no Facebook etc. O ditado “A propaganda é a alma do negócio” é verdade. Muitas pessoas tem preconceito em investir nisso, porém é justamente isso que trará mais clientes na sua porta!

Saia da informalidade

Vai ter gente que torcerá o nariz com esse tópico, mas não adianta dizer que é profissional se você trabalha na informalidade, tenha um CNPJ, trabalhe com contratos, quer ser levado a sério? então é melhor trabalhar com seriedade. Quando você se auto denomina um profissional isso é o mínimo que seu cliente vai esperar de você!

Pense na possibilidade de um ponto comercial

Sei que há aqueles que gostam de trabalhar em casa, e se adaptaram muito bem a isso. Porém para o seu cliente ter um ponto comercial, transmite muito mais segurança e profissionalismo.

Espero que essas dicas sejam úteis para você como foi pra mim.

Se quiser, deixe seu comentário logo abaixo e terei prazer em responder!

Abraços e bons click’s!

4 thoughts on “Fotografia profissional, o próximo passo

  • Bela matéria. Penso nisso a muito tempo! Mas não tenho idéia de quanto teria que ter de capital inicial. Tenho uma Nikon d5100, e acho que não seria uma câmera adequada para iniciar. Abs.

    • olá! muito obrigado!
      Quanto a investimento inicial, é preciso conhecer bastante da área na fotografia que você quer trabalhar e o seu estilo.
      Se você quer fotografar casamento por exemplo, o investimento é mais alto de quem faz ensaio fotográficos de famílias.
      Você pode sim fotografar com a câmera que você tem profissionalmente, mas é preciso conhece-la bem. Saber dos pontos fortes e pontos fracos, pois ser fotógrafo profissional vai te colocar em situações inesperadas e só sabendo até onde você pode ir com segurança que você transmite confiança para o seu cliente e evita entrar numa fria.
      Abraços e bons clicks! qualquer dúvida comenta ai 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code