Metadados são legais!

Oi galera, tudo certo?! Meu nome é Marielen Romão, sou fotógrafa a pelo menos três anos e trabalho profissionalmente com fotografia há quase um ano – em outubro eu faço aniversário de um ano de trabalho! \O/. Estou super feliz de poder compartilhar minhas experiências com outros fotógrafos aqui no blog do Câmera Mais.
Sou autodidata e tudo do que eu aprendi tem como maior fonte a boa vontade de outros fotógrafos e profissionais de fotografia que dividiram comigo seu conhecimento através da internet, e por isso, me sinto na obrigação de compartilhar também; adoro uma gambiarra fotográfica e tenho certeza que vamos trocar bastante delas!

Mas hoje o assunto não é gambiarra; é outro, vamos falar de um assunto de extrema importância na preservação da nossa obra fotográfica:
Como assegurar a autoria de uma foto?
Eu respondo: Use metadados, eles são legais!
É muito importante assegurar a propriedade de direito autoral de nossas fotos, o fotógrafo Clício Barroso tem uma fala que define bem o que acontece com nossa obra hoje, em dias de internet:

“É importantíssimo hoje que o fotógrafo acrescente, coloque os metadados dele, principalmente essa parte da informação do fotógrafo, porque com a divulgação por meios eletrônicos das imagens: web, internet, FTP; todas essas formas das imagens transitarem pelo globo fazem com que essa imagem rapidamente perca sua origem. Então, se eu mando essa imagem pro Estado de São Paulo (jornal), o Estado de São Paulo manda essa foto para o New York Times (jornal), e o jornal Le Monde na França acha que essa é uma boa foto para eles publicarem, ela já passou por três lugares. É muito mais fácil você perder a informação dessa foto quando ela circula dessa maneira se ela não tiver uma informação textual sobre quem é o autor dessa foto, de quem são os direitos autorais, quando que essa foto foi feita e etc…”

Pra quem não sabe do que estamos falando, eu esclareço: Metadados são informações ocultas a quem vê a foto, estão relacionadas aos detalhes técnicos, criação, autoria da foto, licença de direitos autorais é bem fácil acessá-las.

Ao importar fotos suas em que você já tenha incorporado metadados ou fotos de outros fotógrafos no Ligthroom é possível enxergar os metadados da foto:

Metadados no Lightroom.

No visualizador de imagens você pode clicar com o botão direito do mouse, na janela que apareceu, clique em propriedades, na aba detalhes você pode ver todos os metadados da foto:

Metadados no visualizador de imagens.

Em site de hospedagem de imagem como Flickr e 500pixels também podemos ver os metadados e é bem simples; no Flickr, por exemplo, observe a coluna à direita da foto, clique no nome da câmera em que foi tirada a foto e a página que se abre são os metadados.

Quando você insere seus metadados nas suas fotos anteriormente e carrega as fotos nesses sites, essas informações aparecem automaticamente nesse quadro.

Metadados no flickr.

Visualizar os metadados é bem legal também como material de estudo da técnica de fotográfica utilizada por muitos fotógrafos que nós admiramos. Se você queria saber quais foram os ajustes utilizados na câmera para aquela foto linda que você adora, agora você já sabe como! Mas lembre-se: Nada de copiar o trabalho alheio, utilize essas informações pra aprimorar sua técnica!

Eu trabalhei por bastante tempo sem incorporar metadados aos meus trabalhos até reconhecer a sua grande utilidade e importância, e sempre notei que a preservação do direito de criação era um assunto recorrente nos fóruns de fotografia e ficava sempre o questionamento: Como proteger a sua propriedade criativa?

Sem metadados, o povo faz de tudo: tem fotógrafo que aposta na assinatura num dos cantinhos da foto – coisa que uma ferramenta de corte em qualquer editor de imagem resolve em dois tempos – tira sua marca e coloca outra. Os mais ousados e desesperados chegaram a colocar a sua marca no meio da foto, aqueles com mais bom gosto conseguem fazer isso de uma forma interessante, mas definitivamente nem mesmo uma assinatura no meio da imagem assegura alguma coisa, e convenhamos que em tempos de photoshop; é quase inacreditável o que um indivíduo pode fazer em termos de manipulação. E é por isso que os metadados são importantes!

Eu já há algum tempo utilizo o Ligthroom no meu workflow, e considero que ele seja o melhor programa pra trabalhar com fotografia no quesito tratamento – venho do photoshop e ainda não utilizei outros – e é no Ligthroom que eu insiro os metadados das minhas fotos.

Para ensinar a vocês com maestria e falar um pouco mais sobre metadados, deixo abaixo o vídeo do Dhani Borges  – Metadados maravilhosos !!! – que ensina com muita competência como criar um perfil de metadados no LR e como inserir esse perfil nas suas fotos:

Qualquer dúvida pode deixar aqui embaixo que eu respondo com certeza, e lembre-se: Proteja sua propriedade criativa!
Compartilhe com os amigos pra espalhar a palavra! Até a próxima!

 

 

5 thoughts on “Metadados são legais!

  • Marielen Romão belos pst.. mas uma duvida… mesmo fazendo tudo isso…. depois de passala pra net.. ainda consigo tirar o nome de quem fez a foto, ou seja, faco tudo isso.. salvo.. e vejo a foto no windows e em propriedades consigo apagar o nome….. oq estou fazendo de errado na hora de colocar?

    • Olá Beto, obrigada e pode se tranquilizar: vc não está fazendo nada de errado! Não há método infalível pra assegurar a nossa autoria (ainda!), alguns dos metadados podem ser alterados sim, verdade. A diferença fundamental entre os metadados e aquela assinatura no canto da foto, é qndo vc insere os metadados vc faz um registro no seu arquivo pessoal de fotos tbm, lá fica registrada: data de criação, seus dados na foto e dados fornecidos pela câmera, para posterior comprovação da autoria se necessário, vc tem como provar a foto é sua mesmo q alguém mude os metadados de autoria dessa foto depois de vc, pq se vc notar só é possível mudar e coisa relacionadas ao autor, mas data e informações fornecidas pela câmera, não! E os dados da sua câmera são exclusivos da sua câmera.
      Pros mais craques é possível é até saber qual o número de série da câmera q fez a foto ( =( eu não sei), e já há sites na internet q localizam câmeras roubadas a partir desse dado: procuraram fotos q tenham sido batidas com akele mesmo número de série da câmera roubada, é só vc fornecer uma foto q foi tirada com a câmera q foi roubada.
      Os metadados registram dados internos da sua câmera, assim é mto mais fácil provar sua autoria afinal, cada câmera é única. Enquanto q com uma assinatura alguém corta seu nome, e ai como vc prova qm foi q fez a foto?! Os metadados são mais uma forma de assegurar nossa propriedade criativa, mas sim; não é infálivel infelizmente! É mais uma das medidas de segurança q devemos tomar e segurança nunca é de mais. Além disso, nos metadados ficam registradas informações da autoria com endereço de site, telefone, e-mail, pq se sua foto tá circulando por ai e uma revista resolve publicá-la, eles tem como te consultar; além das palavras chaves q fazem sua foto ser encontrada na internet, se vc faz fotos de casamento e alguém procura um fotógrafo de casamentos e vc tem fotos com palavra casamento no seu site, vc vai ser achado! Espero q tenha te esclarecido. Abraços!

      • Marielen Romão esclareceu sim… Muito obrigado viwwww…. O blog e as pessoas que passsam por aqui são 10… Thanks

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code